sábado, 24 de agosto de 2013

Promessa

Prometi! Então, não vá me deixar,
O resto são as queixas
Para suportar as madeixas
Que passaram em suas mãos.

Promessa feita
Não admite desleixo
Tem de cumpri-la com respeito
Só assim, cura o desfecho.

É promessa sob medida,
Que encerrará a paciente espera
Acender-se-ão as velas
E apagará a volatilidade da vida vivida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário aqui.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.