quarta-feira, 15 de maio de 2013

Casamento

Hoje resolvi me casar
Não com gente
Gente é coisa indecente
Magoa, fere e mata.

Não faz companhia quando se necessita
Perturba na hora do silêncio
Bate a porta no momento indevido
Tira a concentração.

Gente é dependente
É o mais para o menos
Condiciona o pensamento
Subtrai o pouco que tenho.

Principalmente determinadas gentes
Que são as agentes sanguessugas
Que não leem os parênteses
No seu claustro foge pela tangente.

Casarei-me com a literatura
De todos os tipos
As de brilho às aventuras
Àquelas que desafiam o pensamento.

Essas sim são de grande valia
Causa provocação ao sentimento
Faz crescer e desenvolve muito
Muito o conhecimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário aqui.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.