quarta-feira, 15 de maio de 2013

Acostumei

Acostumei-me com você
Com seu jeito de sempre se vitimizar
De reclamar e de me agredir
De me apunhalar pelas costas
De me torturar.
Mas nada disso me importa
Abro a minha guarda do orgulho
Vou sempre deixar-te entrar
Para me beijar
Até me matar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário aqui.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.