segunda-feira, 6 de abril de 2015

Ilusão da beleza

Teus olhos claros
irradiam o brilho da tanzanita
de enlouquecedora beleza
enquanto, mantem-se vestida
enrolada no tecido negro
nessa burca bendita
acolhedora dos defeitos.
És mais feia que uma nuvem carregada
na maturidade à trovoada.
Essa sua crença deve ser mantida
num  mando que a proteja
capaz de submeter ao desejo
quem gosta do seu azul cortejo
ludibriado em segredo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário aqui.