terça-feira, 26 de julho de 2016

Suplício

O seu pensamento me apavora
Paralisa o coração
Cabisbaixa vou passando
De soslaio miro os cantos
Com os nervos contraídos
Pulsa o pulso por clemência
Insuportável malevolência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário aqui.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.