quinta-feira, 28 de setembro de 1989

Paulo

Paulo Fernando
Na intimidade - Paulo
Que no telefone brincava
E cá, também eu.
Que em um encontro nosso mais tarde
De mentiras escrotas
Um enrolo só, nos envolveu.
Risos e sonhos concebidos
Levou-me a sério
E sofreu.
Eu não tinha consciência
Do sofrimento que lhe causava
Então, seu pai experiente
Colocou Paulo em um avião
Indecente
E na Austrália
Desapareceu.
Encontrei Paulo muito tempo depois
vagando
E de mais nada fiquei sabendo
Do que em sua vida aconteceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário aqui.