sábado, 17 de janeiro de 2015

Degrau a degrau

Eu nunca tive pressa,
nunca corri,
sempre andei
com os meus passos curtos e lentos,
e nessa minha constância
sempre consegui fincar a minha bandeira
no topo das mais altas
montanhas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o seu comentário aqui.